Uma, duas, três lições para os concurseiros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma, duas, três lições para os concurseiros

Mensagem por Andre Grillo em Sab 19 Abr - 20:16

Uma, duas, três lições para os concurseiros - Por Lia Salgado (Colunista do G1)
Fonte: Blog da Lia Salgado

Sabemos que só não passa em concurso quem desiste. Mas existem atitudes que atrasam muito a aprovação. O concurseiro iniciante é inexperiente e ansioso e, por isso, incorre em alguns erros que tornam a caminhada mais difícil do que o necessário. Eu mesma cometi quase todos esses erros, como uma concurseira típica, e gostaria de comentá-los para que você evite essas “curvas do caminho”, bastante dispensáveis.

Quando você começa a estudar, entra no fim de uma fila. Mantendo-se estudando, estará progredindo na fila: quem está na sua frente –começou há mais tempo e, provavelmente, tem mais conhecimento- deve ser aprovado nos próximos concursos e sairá da fila (enquanto você segue estudando); outros podem desistir, infelizmente para eles, e também sairão da fila. Isto significa que basta seguir estudando e chegará a hora em que não haverá ninguém entre você e a sua vaga.

Lição número 1: continue estudando, haja o que houver.

Há momentos em que, por interferências externas (doença, problemas inadiáveis a resolver) ou internas mesmo (desânimo, falta de confiança), reduzimos o ritmo de estudo e aprendizado. É normal. Ainda assim, mesmo caminhando mais lentamente, siga na estrada e estará se aproximando da vaga. Ao contrário, se parar completamente e sair da fila, o tempo passará e você não vai conquistar o que desejava: ótimo salário, estabilidade, qualidade de vida e tudo o que daí decorre.

Mas, há que se tomar o cuidado de não ficar “trocando de fila”. Veja o exemplo: candidato estuda para o IBAMA, que exige muitas matérias específicas, e é reprovado; decide, então, se preparar para o concurso do BACEN e também não consegue aprovação; aí, inicia os estudos para a área de polícia. Isso seria ir praticamente para o fim da fila a cada novo concurso, sem aproveitar o conhecimento anterior, porque as matérias são muito diferentes.

Lição número 2: é mais proveitoso escolher uma área de concursos e nela se manter.

Eu, por exemplo, escolhi a área fiscal. Pode ser polícia, bancos, tribunais ou outra qualquer. Existem várias matérias comuns aos concursos da mesma área. Então, é mais interessante sedimentar o núcleo de matérias básicas e deixar as específicas para um momento mais próximo da publicação do edital. Assim, você estará se preparando para vários concursos ao mesmo tempo e, mesmo que seja reprovado alguma vez, o conhecimento adquirido servirá de patamar para o concurso seguinte –da mesma área. A cada novo edital, será necessário estudar apenas poucas matérias específicas (normalmente de uma a três), porque o conteúdo básico já estará sedimentado –bastará trabalhar na sua manutenção. Essa é uma grande vantagem em relação àqueles que estão sempre “entrando no fim da fila”: fazem um esforço enorme, estudam muito, mas não aproveitam o conhecimento adquirido a seu favor.

No parágrafo anterior eu falei “mesmo que seja reprovado alguma vez” e você deve ter se horrorizado. Bobagem! Eu fui reprovada três vezes até ser aprovada em 5º. lugar como Fiscal de Rendas. Confesso que, na época, não foi simples assim e a terceira reprovação foi tão dolorosa que motivou a minha desistência. É, eu também desisti por uns meses… Aconteceu que na terceira vez eu tinha “certeza” de que iria passar – mas eram 30 vagas e eu fiquei em 44º. lugar. A decepção foi tão grande que achei que jamais passaria em qualquer concurso, já que não conhecia ninguém com tantos problemas naquela empreitada (4 filhos, falta de dinheiro, dificuldades em Contabilidade, entre outros) e achava que não haveria como concorrer com as outras pessoas. Não conhecia a história da “fila”.

Lição número 3: alguma reprovação faz parte do negócio e, mesmo os que passaram em 1º. lugar, podem ter sido reprovados em concursos anteriores.

A reprovação não significa fracasso, como normalmente pensamos, mas apenas uma etapa da trajetória. Há passos necessários para conquistarmos o sucesso. Fracasso é ficar em casa reclamando da vida e colocando a culpa nos outros; é não lutar. Concurseiro já merece parabéns, só pela coragem de estar na batalha. E vai conquistar o merecido prêmio -é só uma questão de tempo!
avatar
Andre Grillo

Mensagens : 647
Data de inscrição : 03/04/2014
Idade : 43
Localização : Niterói - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum