CAIXA busca fatia de 20% no mercado de crédito

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CAIXA busca fatia de 20% no mercado de crédito

Mensagem por Andre Grillo em Qui 22 Maio - 10:47

Banco aposta nos segmentos de habitação, infraestrutura e empréstimos consignados

Dona da segunda maior carteira de crédito do país, a CAIXA trabalha para consolidar a posição conquistada em 2013. A estratégia adotada pelo banco é mirar nos segmentos de habitação, infraestrutura e empréstimos com desconto em folha (consignados), a fim de elevar de 18,6% para 20% a sua fatia no mercado brasileiro - a mesma do ano passado - ainda este ano.

A carteira ampliada do CAIXA – que inclui todo o bolo de empréstimos – somava R$ 519,8 bilhões ao fim do primeiro trimestre deste ano, segundo balanço divulgado pelo banco nesta quarta (21). A taxa de crescimento foi de 33,1% em 12 meses, menor do que a registrada entre janeiro e março de 2013 (43%), mas três vezes superior à dos três maiores bancos privados do país.

Habitação, infraestrutura e consignados representam 70% do volume total da carteira ampliada. Por seu perfil conservador e de longo prazo, a carteira da CAIXA é considerada de baixíssimo risco. Prova disso é que, apesar do forte expansão do trimestre, 92,4% do crédito concedido pelo banco foram classificados pelas agências de risco como de maior qualidade contra 91,3% no mesmo período de 2013.

“Estas carteiras estão garantindo e consolidando a nossa expansão. E mostram exatamente a qualidade dos nossos ativos – para onde estamos crescendo e a qualidade do nosso crescimento”, afirma Márcio Percival, vice-presidente de Finanças e Controladoria da CAIXA.

O banco mantém orçamentos expressivos para os três segmentos. Na área de crédito imobiliário, carro-chefe da CAIXA, foram contratados R$ 26,6 bilhões entre janeiro e março e a meta é alcançar entre R$ 150 bilhões e R$ 155 bilhões até o fim do ano. O saldo da carteira avançou 29,1% e chegou a R$ 284,3 bilhões em março.

Em infraestrutura, R$ 10 bilhões em novos financiamentos foram fechados até maio e outros R$ 22 bilhões são esperados em 2014, especialmente para projetos em energia e saneamento, além dos aportes de R$ 10 bilhões previstos pelo fundo de investimento FI-FGTS. O saldo da carteira deste segmento teve avanço anual de 50,9% e bateu na casa dos R$ 40 bilhões.

Um dos grandes destaques do balanço trimestral da CAIXA, a carteira de crédito consignado cresceu 30,3% em 12 meses, somando R$ 48,9 bilhões. Com os R$ 10 bilhões contratados entre janeiro e março, o banco chegou a 21% de participação neste mercado. Outros R$ 23 bilhões podem ser concedidos em 2014 e o banco não descarta comprar carteiras de outras instituições financeiras.

"São três áreas que a CAIXA conhece, tem expertise, saiu na frente e avançou fronteiras. A concorrência toda está indo atrás gente. Em infraestrutura, por exemplo, começamos a financiar saneamento nos anos 1960 com fundo do FGTS. Hoje, a CAIXA é o banco que mais financia infraestrutura depois do BNDES", avalia o vice-presidente de Finanças.

Fonte: http://www20.caixa.gov.br/Paginas/Noticias/Noticia/Default.aspx?newsID=824

_________________
avatar
Andre Grillo

Mensagens : 647
Data de inscrição : 03/04/2014
Idade : 43
Localização : Niterói - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum